Hoje nem eu me recomendo...

13
Mar 12

Mas estou maravilhada com o facto de apenas em menos de 72h se conhecer um homem e chegar-se à parte do jantar e da troca dos números de telemóvel.

 

Porra pah! Eu achava que isto era memso muito mais difícil.

Consumido por A. Leya às 17:47

Boa! E pelos vistos está a correr bem :)
Calíope a 13 de Março de 2012 às 21:26

A ver vamos!
A. Leya a 14 de Março de 2012 às 12:38

Posso continuar a rever-me? Ou estás a escrever a historia da minha vida? Não estás... senão não havia posts suficientes para as dúvidas que tenho na cabeça... Mas é quase!
J.B. a 13 de Março de 2012 às 22:55

Podes tudo!
Coloca lá as dúvidas que quiseres que eu tentarei responder.
A. Leya a 14 de Março de 2012 às 12:39

Explica-me, porque é que quando choramos um amor perdido, e gritamos aos sete ventos que não queremos ninguém (e mantenho...) aparece alguém com quem até podia acontecer alguma coisa, mas que não vai acontecer, porque continuas a chorar uma causa perdida?! Que timing é este, destas pessoas? Além de me sentir estúpida por achar que posso estar a deixar passar uma grande oportunidade, sinto-me mais estúpida por ter pesos de consciência ao colocar a possibilidade de deixar que as coisas andem!

Raça complicada a nossa!
J.B. a 14 de Março de 2012 às 13:12

J.B.
Simples, são sinais.
Cabe-nos apenas a nós interpretá-los e ver o que queremos fazer com eles.


A. Leya a 14 de Março de 2012 às 17:51

A. Leya e J.B., permitam-me entrar na ronda de conversa, pois o tema é-me familiar (somos todas iguais...)
Acho que a gente deve ter um cromossoma qualquer "mulher de malandro", que nos obriga a gostar, a correr atrás, a arrastar 3 camiões por quem nos trata mal. É fatal como o destino e nesses momentos aparece alguém bem-apessoado e tal que apesar de dar logo mil a zero ao outro apresenta-se-nos como completamente transparente e invísivel. Eu precisei de umas quantas epifanias para perceber e convencer-me de que dali já não saía mais sumo e tinha mais que passar para o senhor que se seguia...
Calíope a 14 de Março de 2012 às 19:18

Calíope,
Eu adoro rondas de conversas por isso entra e sê bem-vinda!
Quando ao que disseste re-publiquei hoje um post a propósito. Mas quanto a epifanias ainda não tive nenhuma. Lamentavelmente...
A. Leya a 15 de Março de 2012 às 11:14

Infelizmente estas coisas sejam epifanias ou qualquer coisa como "interesse-se por um tipo que não seja um sacripanta!" não trazem receita. Se calhar a vida é mais empolgante assim pois nunca se sabe o que pode acontecer, é como jogo de futebol, até ao árbitro apitar pode tudo acontecer.
Calíope a 15 de Março de 2012 às 17:13

O problema é que quanto mais sacripanta um gajo é mais, mais as mulheres acham que conseguirão a tal reconversão!
A. Leya a 16 de Março de 2012 às 17:43

Março 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

15
17

18

25
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Consumos
Para Consumir
Consumismo
Leya Mailbox
Pesquisa
 
blogs SAPO