Hoje nem eu me recomendo...

16
Dez 12

Há dias em que o meu coração se aperta porque a fé se perde no emaranhado das minhas convicções e não sei mais o que esperar.

Quando se ama em espelho, não queremos que o dito espelho se quebre com o medo de termos 7 anos de azar. Mas a verdade é que os espelhos também se partem e depois ficamos assim sem saber se a superstições são válidas ou apenas crenças sem sentido.

E depois o coração aperta-se com medo que os 7 anos sejam tão longos que um bocadinho de nós morra de certeza durante esse tempo.


Consumido por A. Leya às 19:13

Dezembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


Consumos
subscrever feeds
Para Consumir
Consumismo
Leya Mailbox
Pesquisa
 
blogs SAPO