Hoje nem eu me recomendo...

28
Abr 12
Estou prestes a cometer um friendicidio!
Consumido por A. Leya às 18:39

24
Abr 12

Situação actual:

Vou de férias amanhã para Bilbao por 1 semana. O voo é às 13h.

 

Situação futura:

Jantar e quizz hoje à noite. Última noite juntos nas próximas 2 semanas.

 

Resultado mais provável:

Mala por fazer. Noite sem dormir.

Consumido por A. Leya às 16:40

Ontem vim sentado no autocarro ao lado dele e só à saída é que me apercebi de quem era.

 

Poderá haver alguém mais alheado do Mundo do que eu?!

 

Consumido por A. Leya às 16:06

23
Abr 12

 

 

 

 

 

 

 

 

#4 - Bruxelas, Bélgica

 

 

Consumido por A. Leya às 15:22

Que um certo e determinado deputado português do Parlamento Europeu fez uma "obra de caridade" a uma boa colega esta noite.

Consumido por A. Leya às 14:49

19
Abr 12

Estou metida num autêntico triângulo das Bermudas.

Consumido por A. Leya às 22:28

16
Abr 12

Lembro-me de tudo o que ainda tenho lá atrás para resolver e sei que não é justo.

 

Mas a vontade de dar o leap of faith costuma ser maior. E a queda e os cacos partidos também.

Consumido por A. Leya às 11:28

12
Abr 12

 

 

 

 

 

 

#3 - Sevilha, Espanha

Consumido por A. Leya às 18:20

Onde posso escrever tudo o que te quero dizer não correndo o risco de me magoar a mim mesma depois.

Porque eu sei assumir os riscos e posso até estampar a cara e o coração no fim da estrada, mas sempre aprendi a levantar-me no final, sacudir a poeira e dizer que fiz asneira sem quaqluer tipo de arrependimento.

Mas sempre me foi mais difícil fazê-lo com outros a ver.

Não sei sequer porque te continuo a procurar depois de quase 7 anos, 3 dos quais sem qualquer tipo de contacto.

Mas a verdade é que não me sais do pensamento. Que eu tento e re-tento e continuo a não te conseguir esquecer.

Como se nós os dois fossemos uma promessa antiga ainda por cumprir.

Ainda que eu nunca tenha sabido o que fazer contigo, não ouçamos as mesmas canções e tenhamos ritmos de dança diferentes.

Mas basta ouvir o som da tua voz e a minha vontade é largar tudo e fazer os quase 9.000kms que nos separam. Para que finalmente cumpramos o que o Destino nos prometeu há 7 anos atrás e vivamos o que tiver de ser, ainda que com data, tempo e lugar marcados. 

Não quero saber! Só quero acalmar a dor que trago no peito. Porque a irracionalidade que me provocas mata-me aos poucos. 

A verdade, essa, é que tu mexes com a minha alma. E quando isso acontece, não há nada que possa fazer porque eu própria não a controlo.

E a vida será sempre demasiado curta para um nós.

 

And now?

 

 

Consumido por A. Leya às 17:54
tags:

11
Abr 12

É o tipo de homem que se abre, tem de deixar respirar e precisa de alguma maturidade para se aprender a gostar.

Consumido por A. Leya às 08:40

10
Abr 12

Descobri que lhe ando a enviar e-mails do mail do antigo blog!

Consumido por A. Leya às 16:33

Da minha antiga casa blogoesférica...

Consumido por A. Leya às 16:28

08
Abr 12

#4 - Apareci na televisão.

Consumido por A. Leya às 21:14

05
Abr 12

Sem tempo STOP

A tentar viver uma vida cheia só em 24h STOP

Sem comer e a dormir os mínimos necessários STOP

Com saudades dele e ainda nem fui embora STOP

queimar-me a alma STOP

Sem conseguir dizer nem metade do que aqui vai STOP

STOP

Consumido por A. Leya às 10:01

Abril 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
13
14

15
17
18
20
21

22
25
26
27

29
30


Consumos
subscrever feeds
Para Consumir
Consumismo
Leya Mailbox
Pesquisa
 
blogs SAPO